quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Cerca de 350 mil adolescentes foram infectadas pelo HIV em 2014

No Dia Internacional da Menina, Nações Unidas estão pedindo aos países mais investimentos na saúde das garotas; secretário-geral afirma que meninas e adolescentes precisam estar protegidas da Aids e da gravidez indesejada.
Dia da Menina é neste domingo. Foto: Unicef Serra Leoa/2015/Kassaye
Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.
Para as Nações Unidas, as adolescentes precisam estar no centro das políticas voltadas à nova agenda global de desenvolvimento. Os países devem aumentar os investimentos em educação de qualidade, promover tolerância zero contra abusos físicos e sexuais e valorizar medidas de saúde.
A mensagem da ONU marca o Dia Internacional da Menina, celebrado neste domingo, 11 de outubro. O secretário-geral da ONU diz que as nações precisam cumprir as promessas feitas ao assinarem a Agenda 2030.
Aids
Ban Ki-moon explica que durante os próximos 15 anos, são necessárias medidas para prevenir o casamento infantil e casos de gravidez indesejada entre garotas, além de protegê-las da transmissão do HIV.
Segundo o Programa Conjunto da ONU sobre HIV/Aids, Unaids, 350 mil adolescentes foram infectadas pelo vírus no ano passado. Por isso, o chefe da ONU lembra ser fundamental garantir a todas as meninas e adolescentes seus direitos de saúde sexual e reprodutiva.
Futuro Promissor
Ban também lembra que todas as meninas do mundo deveriam viver uma vida livre do medo e da violência. Segundo ele, se os países se comprometerem hoje em investir nas adolescentes, elas poderão ser fortes cidadãs, líderes políticas, empresárias e chefes de família.
A visão é compartilhada pelo diretor-executivo do Unaids. Segundo Michel Sidibé, quando meninas e jovens têm autonomia, elas podem mudar suas vidas e a de suas famílias.
Violência
O chefe da Unaids diz que a nova agenda global fornece boas oportunidades a essa geração de adolescentes. Sidibé cita alguns desafios que pedem mudança: por dia, 41 mil meninas casam antes de completarem 18 anos. Complicações relacionadas à gravidez e ao parto são a segunda causa de morte entre garotas dos 15 aos 19 anos.
E pelos cálculos da ONU, 120 milhões de meninas no mundo já foram estupradas ou vítimas de violência sexual em alguma fase da vida.
O Dia Internacional da Menina é comemorado em 11 de outubro desde 2012 e a hashtag oficial para a data é: #DayOfTheGirl
Hashtag oficial do dia: #dayofthegirl
Fonte: Radio Onu



Nenhum comentário:

Postar um comentário